28 de agosto de 2013   Publicado por: Garante Araribóia

Veludo dá sensação de aconchego aos ambientes

Tecido deixa espaços dentro de casa mais nobres e está em alta na decoração

O veludo é elegante e muito envolvente e traz a sensação de aconchego ao ambiente onde é utilizado. Segundo a arquiteta Thais Lacialamella, a boa notícia é que esse tecido está em alta na decoração, emprestando seu toque macio a estofados, cortinas e almofadas.

Para quem gosta de ambientes austeros e sóbrios, combine veludo com piso de madeira e mobiliário em madeira, indica especialista

O arquiteto Augdan de Oliveira Leite também gosta muito do material. “O veludo vem desde a época dos castelos europeus, é um dos tecidos mais nobres, depois da seda”, explica.

Na opinião dele, é muito apropriado para o revestimento de estofados, cadeiras, almofadas, cortinas, além de cabeceiras de cama. “Não é um tecido para demonstrar despojamento. Ele encorpa o ambiente, deixando-o mais nobre”, diz.

Segundo Augdan, o material é muito usado na Europa e está ligado à realeza e a ambientes sofisticados. Uma de suas características é a de resistir muito ao tempo. “Eu tenho uma cadeira da década de 1920 revestida de veludo original da época que está perfeito ainda”, conta o arquiteto. Segundo ele, quando é de boa qualidade, o tecido pode resistir mais de 100 anos.

O arquiteto conta que ganhou cortinas de veludo de uma cliente, pois estavam queimadas do sol. “Eu mandei tingir e ficaram novas. Já faz quase dez anos e estão perfeitas.”

Sofás revestidos de veludo ficam muito chiques e normalmente são usadas cores mais fortes, como vermelho, vinho, azul, preto e verde.

Na opinião de Augdan, sofás revestidos de veludo ficam muito chiques e normalmente são usadas cores mais fortes, como vermelho, vinho, azul, preto e verde.

Para Thais, como é um tecido “quente” por natureza, fica bem em ambientes de piso frio, como o porcelanato fosco – pois já basta o brilho do tecido – ou cerâmica fosca. “Para quem gosta de ambientes austeros e sóbrios, combine veludo com piso de madeira, paredes em tom escuro e mobiliário em madeira também em tom escuro e abuse do dourado na decoração e nos acessórios.”

Na opinião da arquiteta Laurimar Coelho, o veludo não é apropriado para imóveis situados em regiões quentes, secas ou ainda no litoral. Mas é um dos mais indicados para dar ao estofado um ar ainda mais aconchegante e elegante. Mas, ao contrário dos outros arquitetos, ela não recomenda o uso do tecido em cortinas, pois considera que deixa o visual “pesado”.

Dicas para comprar

Augdan ensina que, para saber se o tecido é de boa qualidade, deve-se observar o verso dele. “É possível reconhecer pela espessura e tem de ser à base de algodão. Se tiver muito poliéster não é bom, pois agarra muita sujeira”, explica Augdan.

Ele lembra que o veludo tem sentido de corte, que é o sentido do brilho do tecido. Se não for cortado no sentido certo, dá diferenças de tom. Além disso, normalmente é preciso comprar tecido além da medida a ser usada, justamente para acompanhar o sentido de corte na hora da costura.

Normalmente, é preciso comprar tecido além da medida a ser usada, justamente para acompanhar o sentido de corte na hora da costura

Manutenção

Quem tem crianças ou animais em casa deve passar impermeabilizante no tecido. Segundo Laurimar, uma boa dica para limpar é utilizar uma escova de roupas e sempre no mesmo sentido. Se algo cair no tecido, podem-se usar algumas gotas de vinagre diluído em água ou algumas gotas de produtos para pré-lavagem. Utilize um pano branco para a tarefa e esfregue de leve apenas na parte afetada.

Para limpeza rotineira, Thais recomenda que se use apenas aspirador de pó. “Periodicamente deve ser lavado a seco e não se deve esperar que ele fique muito sujo, pois as manchas podem não sair”, aconselha.

A arquiteta Lucilene Leitte recomenda que se use uma escova macia para tirar o pó na manutenção diária. “Se precisar, deve ser lavado como peça delicada e não pode secar em máquina”, recomenda. Na opinião dela, o veludo não deve ser utilizado por quem tem animais em casa, pois um fio puxado pode destruir a trama do tecido.

Fonte: ZAP Imóveis
sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>