9 de agosto de 2016   Publicado por: Garante Araribóia

Sistema dispensa funcionário na portaria

Foto: Divulgação

Controle de acessos é exercido fora do condomínio

Apresentado como um novo conceito para os controles de acessos aos condomínios, o gerenciamento remoto de portarias, segundo seus idealizadores, inova por trazer tecnologia ao acompanhamento do fluxo de pessoas a partir de uma central de controle, localizada fora do prédio.

Conforme o Grupo Service que atua na cidade de Porto Alegre/RS e que desenvolveu o conceito e administra o serviço, o sistema tem como característica a redução de custos e riscos na manutenção de funcionários no local, uma vez que a mão de obra dispensada não fica sujeita à ação de criminosos.

Ainda conforme a empresa, a gestão do sistema garante o acompanhamento de todas as atividades obrigatórias à equipe, “visto que sempre estará disponível um profissional na central para solucionar essas questões”.

Grupo vê menos custos trabalhistas

Outro aspecto positivo da portaria remota defendido pelo Grupo é a redução dos “gastos” com possíveis incidentes trabalhistas e danos ao condomínio.

Algumas empresas de sindicância e mesmo síndicos que moram nos condomínios (a empresa não citou os nomes), afirmaram que, com a utilização do sistema foi possível reduzir em até 50% os gastos mensais realizados com serviços de segurança e coordenação dos prédios.

Para justificar a adoção do seu sistema, a empresa citou ainda o cenário de custos condominiais nos últimos anos, “que sempre apresenta alta quando comparado ao ano anterior, devido às taxas dos serviços e inflação”, concluiu.

Fonte: Folha do Condomínio

sem comentários publicado em: Notícias
Não há palavras-chave associadas com este artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>