5 de setembro de 2016   Publicado por: Garante Araribóia

Saiba quais são os documentos necessários para comprar um imóvel

Comprar um imóvel é um processo burocrático, por isso saber quais são os documentos necessários é importante

No momento que procuramos um imóvel para comprar, temos que ficar atentos não só nas características do imóvel em si, mas também em toda parte burocrática, importante para que não haja nenhum tipo de problema quando a negociação for efetuada. Saber quais são os documentos necessários não é trabalho apenas do corretor de imóveis ou de um advogado, mas também do próprio cliente, para que ele tenha conhecimento de tudo o que está acontecendo, desde a parte mais fácil até a parte mais complicada da negociação.

São necessários RG, CPF, comprovante de endereço, comprovante de renda, certidão de estado civil e imposto de renda. Após isso é necessário fazer uma análise de crédito, para verificar se tem condições de comprar aquele imóvel.  É preciso também verificar se o vendedor ou o imóvel tem algum problema que possa impedir a venda. Veja quais são esse documentos:

documentos

Os documentos do vendedor (como pessoa jurídica)

Os documentos do vendedor vão mostrar qual a real situação que a empresa se encontra.

- Uma cópia autenticada do contrato social.

- A certidão negativa de débito com o INSS.

- A certidão negativa de ações na Justiça do Trabalho e na Justiça Federal.

- Uma carta que contenha a data da ultima alteração que houve no contrato ou no estatuto.

- A certidão negativa que tenha os débitos estaduais na Secretaria de Estado da Fazenda.

Os documentos do imóvel

Os documentos vão indicar se existem dívidas no imóvel e se ele está realmente registrado.

- Certidão negativa de ônus reais para mostrar todo o histórico do imóvel nos últimos 20 anos, especificando se ele contém alguma dívida.

- É necessário que tenha uma cópia autenticada da escritura do imóvel que esteja em nome dos vendedores, isso registrado no Cartório de Registro de Imóveis.

- Deve conter uma cópia autenticada do IPTU do ano em questão e junto a ele as parcelas que já foram pagas até a negociação.

- A planta do local que tem que ser aprovada pela prefeitura de onde o imóvel está situado.

Fonte: ImovelWeb

sem comentários publicado em: Notícias
Não há palavras-chave associadas com este artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>