4 de março de 2015   Publicado por: Garante Araribóia

Reforma em apartamento alugado – o que pode fazer?

Veja dicas para evitar problemas com o proprietário do imóvel

reforma em apartamento
Você deve pedir autorização ao proprietário para fazer uma reforma no apartamento alugado (Fotos: Shutterstock)

Vontade de deixar o apartamento ou a casa com sua cara, mas ela é alugada? Pense em uma reforma que altere pouco o imóvel – que normalmente tem que ser entregue como estava – e evite obras que podem dar problemas ou que vão precisar de muito trabalho e dinheiro para voltar ao original.

Organizamos algumas sugestões indicando o que você pode fazer. Sugerimos algumas para você experimentar fazer, que são mais simples, algumas para você ponderar e talvez negociar com o proprietário e outras que você deve evitar pelo risco de problemas ou alto investimento.

Experimente

Aqui estão sugestões de mudanças simples de se fazer, menos custosas e que não alteram tanto o imóvel – ou são bem fáceis de remover.

Pintar paredes: cor na parede é o tipo de mudança que mais dá a sensação de ‘casa com a sua cara’. Prepare bem a parede, peça para o pintor ser cuidadoso pra não manchar nada com a tinta.

Trocar chuveiros: você pode colocar chuveiros elétricos novos ou substituir as duchas do banheiro. Depois, quando for entregar o imóvel, você pode reinstalar os que estavam no imóvel ou deixar os novos que foram colocados.

pintura de parede
Pintar a parede é uma das reformas que se pode fazer em um imóvel alugado

Colocar espelhos: outra ideia para revestir paredes. Se forem colados na parede pode ser mais difícil remover, mas espelhos, emoldurados e apoiados ou fixos com botões, são fáceis de retirar e causam excelente efeito.

Papel de parede e adesivos: mais uma possibilidade de dar cara ao imóvel. Para retirar será preciso lixar a parede para remover a cola e refazer a pintura.

Recuperar revestimentos: retirar as camadas de tinta e argamassa que revestem colunas e paredes de tijolo também podem dar outro ar para o imóvel, depois você tem que passar um verniz para proteger o tijolos. E refazer depois, se for preciso, é simples, o pedreiro tem que passar argamassa e o pintor dá o acabamento fino. Se o piso for de madeira você pode recuperar o processo aplicando verniz ou resina a base de água, dá um aspecto de piso novo.

Limpar paredes, pisos, janelas: pode não parecer mas uma limpeza pesada e especializada pode deixar a casa com o aspecto de nova. Aquele piso de pedra encardido ou o rejunte preto pode ficar como novo com os produtos certos. Avalie se o caso é de desgaste dos componentes ou é só sujeira acumulada mesmo!

tecido de parede
Papel ou tecido de parede também são permitidos

Revestir móveis: tinta spray, adesivos e tecidos são possibilidades de dar vida nova a móveis antigos. Se forem seus, faça sem pestanejar. Se forem do imóvel, será preciso conversar com o proprietário.

Fixar quadros e prateleiras com fita adesiva ou prendedores adesivos sem furar a parede: quadros e cortinas conferem aconchego a uma casa. Se você optar por furar a parede, vai precisar reparar depois, tampando os buracos e refazendo a pintura da parede. Mas também é possível colocar quadros e prateleiras com fita e prendedores adesivos específicos. Confira o peso que cada uma suporta.

Plantas e paredes verdes: espalhar plantas pela casa é fácil e bonito. Mas você também pode fazer uma parede verde fixando vasos de plantas em um aramado ou estrutura de ripas de madeira. Você pode usar samanbaias, lirios da paz, hera, mas precisa prestar atenção se a parede recebe luz solar indireta.

Pondere

Aqui são obras que você pode fazer, mas que são um pouco mais caras, que podem dar um trabalho a mais para voltar ao original ou que podem dar alguns problemas de obra.

Trocar pisos: o revestimento vinilico é uma opção prática, pois se o piso existente estiver bem nivelado pode ser aplicado sobre ele. Existem modelos estampados, coloridos e os que imitam madeira.

Trocar torneiras: você pode substituir torneiras antigas por modelos mais novos. Mas, cuidado, as vezes na hora de recolocar as antigas podem surgir vazamentos nas conexões.

Trocar lustres: escolha do seu gosto. Na hora de entregar o imóvel é só reinstalar os originais.

Trocar instalação elétrica e hidráulica: em apartamentos muito antigos as vezes é necessário uma troca das instalações para não afetar o funcionamento dos aparelhos e equipamentos. Quando trata-se de uma questão de segurança e qualidade da moradia, o melhor é conversar com o proprietário e combinar como serão executados os reparos.

hidráulica

Trocar a parte hidráulica pode causar um alto custo

Evite

Essas são obras que alteram o imóvel e que você só pode fazer com autorização expressa do proprietário e algumas delas apenas com laudo de um engenheiro ou arquiteto atestando a segurança. Se for preciso, é possível voltar ao original, mas custará tanto que não vale a pena para um imóvel que não é seu.

Derrubar paredes: você quer derrubar um quarto para ampliar a sala? Primeiro é necessário saber se o apartamento não foi construído em alvenaria estrutural e se não há nenhum pilar ou coluna na parede que vai sair. Você não quer que o apartamento caia na sua cabeça. Refazer tudo para entregar o apartamento também é trabalhoso. Avalie quanto tempo pretende ficar no imóvel para ver se vale a pena.

Retirar piso e azulejo: você não aguenta o piso descascando e resolve quebrar tudo e colocar revestimentos novos. É ótimo, mas a reforma custa caro e não dá para voltar ao antigo. Se o proprietário estiver de acordo pode fazer.

Eliminar ou construir banheiros: demolir um banheiro pode até desvalorizar o imóvel, por isso para tais reformas é importante a aprovação do dono. Do mesmo modo, construir um novo pode causar transtornos aos vizinhos para passagem de tubulação e precisa de avaliação de um profissional que verá se é possível. Não encare essa reforma se não estiver seguro do que vai fazer.

Reforma geral: você negociou um desconto no aluguel e vai encarar uma reforma geral. Mas, cuidado, reformar apartamentos antigos pode revelar surpresas e o custo pode ir lá pra cima. Esteja ciente disso e se prepare com uma reserva para imprevistos.

azulejo

Peça autorização do proprietário para fazer a troca dos azulejos

Contrato de aluguel

O fundamental para você não ter problemas é saber o que você pode ou não fazer. Se você já alugou, verifique o que o contrato permite – em geral, o imóvel tem que ser entregue exatamente como você recebeu. Se quer fazer alguma mudança, converse com o proprietário. Perguntar não ofende. Se ainda não alugou, preveja o que você quer fazer e veja como isso pode ser combinado com o proprietário para que faça parte do contrato.

Diferencie obras que se faz por gosto – como pintar parede – de obra que se faz por segurança – elétrica ou hidráulica. As que você deseja, mas não são necessárias, são apenas de responsabilidade do locatário, mas se o proprietário enxergar isso como um benefício ao imóvel e quiser é possível que ele aceite algum tipo de acordo, abatendo do valor dos alugueis. Negocie. Sugerir nunca faz mal.

As obras de reparo de segurança ou estrutura (como elétrica, hidráulica, telhado e esgoto) são de responsabilidade do dono do imóvel. Mas lembre-se: fique de olho no seu contrato de locação para saber como o imóvel deve ser entregue. Se for fazer alguma mudança que vá ficar no imóvel e o dono tiver concordado, peça para incluir isso no contrato, como um aditamento.

E se, o apartamento está com muitos problemas e não há nenhuma possibilidade de acordo com o proprietário para melhorá-lo, comece a avaliar se não é melhor trocar de imóvel. E antes de alugar o novo sonde se o proprietário é mais maleável e aceita negociar as mudanças.

Fique atento: em apartamentos, obras de melhoria do condomínio, ficam sob a responsabilidade do proprietário do imóvel.

obra

Leia o contrato de aluguel para saber o que pode e o que não pode fazer

Fonte: ZAP Imóveis

sem comentários publicado em: Notícias
Não há palavras-chave associadas com este artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>