28 de janeiro de 2014   Publicado por: Garante Araribóia

Profissionais da alegria

Empresas oferecem aulas de esporte e desenvolvem brincadeiras para ocupar o tempo das crianças

Todo ano é a mesma coisa. As férias escolares chegam e viram um verdadeiro dilema para os condomínios. Com os pais trabalhando, as crianças inventam todo tipo de brincadeira. E sem ninguém para controlar, a rotina nessa época do ano pode se tornar um caos nos edifícios.

Muitos condomínios encontraram a solução nas empresas de recreação, que oferecem profissionais capacitados para cuidar das crianças e praticar todo tipo de atividade.

“Com foco no desenvolvimento motor e social, nós desenvolvemos um programa de esportes e lazer. Trabalhamos com profissionais formados em educação física e pedagogia. Exigimos também o curso de primeiros socorros para qualquer eventualidade”, explica a diretora técnica da empresa Fly Time, Milene Teixeira.

Custo e benefício

O valor da recreação é determinado pelo número de crianças que irão participar das atividades. Geralmente, as empresas trabalham com um número mínimo de crianças. O valor pode chegar a 150 reais por condômino. As brincadeiras podem durar até seis horas.

“O tempo de cada atividade é programado. Uma das preferidas e que tomam mais tempo é o acampamento no próprio condomínio. Também deixamos uma grande lacuna para que as crianças possam construir as brincadeiras”, conta o idealizador da Skyruila, Lucas Castro Campos.

Segurança e aprendizado

A proposta das atividades de recreação têm atraído muitos condomínios. A ideia é estimular a criatividade e acabar com o sedentarismo infantil. Síndico há seis anos, Mauro Possatto acredita que além das atividades, o maior benefício está na segurança das crianças.

Os pais sabem onde as crianças estão e conhecem as atividades programadas. Não existe mais aquela coisa de sair procurando o filho pelo condomínio. Além disso, essas atividades fazem com que as crianças intensifiquem a amizade, sem falar nas questões de cultura e educação. São benefícios indiretos desse processo.”

Em alta no mercado

A quantidade de condomínios nas grandes cidades e o investimento das construtoras em condomínios clubes facilitou a entrada das empresas de recreação no mercado. Os grandes edifícios estão cada vez mais equipados e oferecem todo tipo de serviço.

Essa tendência reflete o atual perfil da maioria das famílias no Brasil, que encontram dificuldades para dar atenção aos filhos em tempo integral. Para Campos, as empresas de recreação têm uma função importante no futuro das crianças.

“Lidamos com uma questão bem delicada que é a solidão familiar. São aquelas famílias que se desgastam porque não conseguem suprir as necessidades de cada um. Infelizmente essa é a nossa realidade. Por isso, mais do que prestar um serviço, nós queremos contribuir de alguma forma e estimular nas crianças o senso de comunidade. Queremos que eles se tornem adultos conscientes e preparados.”

Fonte: iCondominial

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>