8 de janeiro de 2013   Publicado por: Garante Araribóia

Os cuidados nos condomínios do litoral

 Nesta época de sol e (muuuuito) calor, com prédios “lotados” nas cidades praianas, os veranistas devem manter a atenção com a economia da água e as regras na utilização da garagem.

Passadas as festas de final de ano, muita gente continua aproveitando as férias no litoral brasileiro. A expectativa é de que, até o carnaval, vários moradores da capital paulista permaneçam nos apartamentos e prolonguem sua estadia na praia, já que as férias escolares só terminam após o reinado de Momo, no final de fevereiro. Com a ocupação dos prédios, síndicos e condôminos devem observar algumas regras para evitar estresses e inconvenientes aos moradores.

A primeira providência sugerida por uma administradora de condomínios é afixar avisos nos murais dos edifícios para relembrar as normas relativas ao uso da garagem, que costuma ser bastante “disputada” nesta época. O síndico também deve divulgar e atualizar a agenda de uso da churrasqueira, outro item muito utilizado no período.

Conforme a Lello Condomínios, administradora localizada em São Paulo, com unidades no litoral, é importante, ainda, que o condomínio programe a intensificação da rotina de ações de manutenção e conservação de piscinas e elevadores no período entre janeiro até depois do Carnaval.

A empresa alertou que nesse período a economia de água é item essencial, pois, com o aumento do uso pode haver racionamento. “Sugerimos aos síndicos que realizem campanhas junto aos condôminos e visitantes sobre o uso racional da água nos apartamentos, uma vez que este é o segundo item que mais pesa nas despesas do condomínio”, afirmou Angélica Arbex (foto), gerente de Relacionamento com o Cliente da administradora.

Outro alerta é para a questão dos apartamentos alugados a terceiros na temporada. Segundo a gerente, é preciso ter controle da movimentação de pessoas estranhas ao condomínio. “O síndico só deve permitir a entrada dos inquilinos depois que o proprietário do apartamento assinar o termo de autorização”, recomendou Arbex.

Por último a gerente de Relacionamento lembrou sobre o cuidado que os pais devem ter com suas crianças nas áreas comuns do condomínio, orientando-as e não permitindo que brinquem em espaços perigosos, como escadas e garagem, por exemplo.

Fonte: Folha do Condomínio

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>