11 de setembro de 2013   Publicado por: Garante Araribóia

Moradores brigadistas são essenciais para a segurança dos condomínios

Todos os condomínios comerciais e  residenciais, segundo a legislação, devem ter uma equipe de brigadistas composto por moradores e funcionários para atuarem em caso de emergência. No dia 8 de agosto, um incêndio no 9º andar do Condomínio Manhattan, na zona sul de São Paulo, exigiu que a equipe entrasse em ação, e como estava devidamente treinada, foi essencial para apagar as chamas e evitar danos para outros moradores e à estrutura do condomínio, antes mesmo que o Corpo de Bombeiros chegasse ao local.
Em casos como este a função da equipe de brigadistas é de acionar o Corpo de Bombeiros, providenciar o corte da energia elétrica/ gás, orientar os moradores a saírem da edificação pela rota de fuga pré estabelecida e operar os equipamentos para conter o fogo, toda ação deve ser realizada rapidamente de forma mais organizada e tranquila possível.
Marcelo Mahtuk, diretor executivo da Manager Administração de Imóveis, empresa que administra o Condomínio Manhattan salienta que “a equipe de brigadista é essencial para a segurança do condomínio, porém implantá-la não é um processo fácil, já que requer o voluntariado dos moradores, por isso, é fundamental um trabalho de conscientização”.
Os moradores voluntários precisam passar por treinamentos realizados por bombeiros contratados junto a uma empresa especializada que visa esclarece sobre a operação dos equipamentos, especialmente extintores, procedimento diante de situações de riscos e plano de evacuação de prédio, entre outros.
No edifício Manhattan, o incêndio foi rapidamente debelado pelos brigadistas, não deixou feridos, e os prejuízos materiais ficaram restritos ao apartamento atingido.
Fonte: Síndiconet
sem comentários publicado em: Notícias
Não há palavras-chave associadas com este artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>