31 de agosto de 2012   Publicado por: Garante Araribóia

Edifícios novos têm mais candidatos

Há maior consciência dos condôminos, diz Márcia

A possibilidade de ter sob seu controle a gestão de uma coletividade, como no caso do condomínio, começou a atrair o interesse de mais candidatos. Infelizmente, nem todos, como nas eleições municipais, são capacitados de forma profissional e ética. Pesquisa realizada em condomínios novos da cidade de São Paulo, entre os clientes de uma grande administradora, mostrou que nos prédios recém-entregues pelas construtoras, especialmente, nos maiores e com três torres ou mais, a disputa pelo cargo de síndico é acirrada, envolvendo mais de dois pretendentes. Segundo a empresa, nos novos condomínios chamados de “grandes conjuntos” há pelo menos dois ou mais condôminos disputando a eleição para síndico.

A situação difere da encontrada há 10 ou 15 anos, quando, tradicionalmente, ninguém queria assumir a função de síndico nos condomínios residenciais.

“Candidatos ao cargo de síndico precisam ter consciência da enorme responsabilidade que a função exige. Administrar um condomínio é como gerenciar uma empresa, com inúmeras obrigações contábeis, trabalhistas, fiscais e previdenciárias. Há, ainda, o fator emocional, já que o síndico deve gerenciar conflitos e administrar vaidades, pontos de vista e interesses diferentes entre funcionários e condôminos”, destacou Márcia Romão, gerente da empresa.

No entendimento dela, a disputa maior nos novos e maiores condomínios de São Paulo se dá em razão da consciência que muitos moradores quanto à necessidade da boa gestão patrimonial, em razão da arrecadação orçamentária do prédio, para que o patrimônio do prédio não se desvalorize e para que haja a devida manutenção das áreas de convivência, entretenimento e lazer.

Segundo Márcia, “nesses empreendimentos há muitas unidades e blocos, e muitas pessoas estão morando em um condomínio de apartamento pela primeira vez em suas vidas. Por isso, continuou, é natural que haja interesse de um maior número de moradores em assumir a gestão do prédio”.

Diferentemente, nos condomínios de alto padrão ou com poucas unidades, a gerente, explicou que muitas vezes não há candidatos, ou apenas um candidato. Segundo Márcia, assim como em qualquer eleição, os moradores devem ter cuidado na escolha de quem irá comandar o dia-a-dia do condomínio, perguntar, por exemplo, sobre suas propostas, sobre o tempo que terá para cuidar das demandas do condomínio, as mudanças que pretende realizar na gestão e, principalmente, como fará para garantir segurança e comodidade aos moradores.

O síndico pode ser proprietário, inquilino ou alguém de fora do prédio, conforme a decisão da maioria dos condôminos. Suas principais atribuições são representar o condomínio, zelar pelo cumprimento da convenção e do regimento interno, cuidar da conservação e da manutenção das áreas comuns e equipamentos, negociar com fornecedores e prestar contas aos condôminos sobre despesas efetuadas, entre outras responsabilidades.

Fonte: Folha do Condomínio

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>