14 de novembro de 2012   Publicado por: Garante Araribóia

Dicas de segurança

Nos condomínios

  • A sua compreensão e colaboração são fundamentais para a segurança do Condomínio;
  • Elogiar as ações dos funcionários que visam a garantir a segurança de todos os condôminos, mesmo quando representam algum transtorno para si ou para suas visitas;
  • Ao chegar ou sair da garagem, observar se não há pessoas estranhas ou suspeitas, aguardando ou dando voltas até sentir-se em segurança;
  • Ao estacionar seu veículo na garagem, mantê-lo trancado, sem pacotes e objetos a vista e com o alarme ligado;
  • Alertar a portaria para que receba as encomendas feitas ou avise para que vá atender ao entregador na recepção;
  • Quando solicitado à portaria, verificar se o assunto lhe diz respeito, só então descer à recepção para atender;
  • Contratar empregados (domésticas, babás, motoristas, etc.) somente os receber na portaria, exigir documentação e referências, averiguando a autenticidade e veracidade das informações;
  • As chaves de todas as dependências não devem ser deixadas com empregados, mantendo algumas dependências isoladas. Assim como, não deixar cópias das chaves na portaria.

Vigias e zeladores

  • Ao atender estranhos, manter os portões fechados e as pessoas do lado de fora.
  • O portão somente pode ser aberto após: identificar o visitante; avisar o morador sobre a conveniência da entrada; na dúvida solicitar ao morador para vir identificar tal visitante.
  • No caso de entrega de encomendas: avisar o condômino e solicite sua presença na portaria; na ausência do condômino, receber e guardar para, posteriormente, ser retirado por um morador ou entregue por um funcionário; jamais permita que o entregador leve pessoalmente a entrega.
  • Nos horários de limpeza e recolhimento de lixo, manter as entradas do edifício fechadas.
  • Para abrir o portão da garagem, identificar o motorista e observar se não há risco de penetrar alguém junto.
  • Ao receber prestadores de serviços, identificá-los, anotar os dados de seus documentos, avisar o condômino e só permitir acesso às dependências mediante autorização do morador e devidamente acompanhado por um funcionário.
  • Na entrada ou saída de pessoas no condomínio, somente abrir o portão após verificar se não há suspeitos próximos.

Quando for viajar

  • Não comente sua viagem perto de pessoas estranhas.
  • Comunique sua ausência a um vizinho de confiança. Telefone para ele de vez em quando, para saber se está tudo bem.
  • Nas ausências prolongadas, peça a um parente para visitar sua casa, para demonstrar a presença de pessoas (abrindo janelas, regando jardins, entrando com carro na garagem, etc.).
  • Suspenda a entrega de jornais e peça para um vizinho recolher a correspondência.
  • Não deixe jóias ou dinheiro dentro de casa, mesmo que seja em cofre. Utilize o cofre de bancos.
  • Não deixe luzes acesas, pois durante o dia significam ausência de pessoas.
  • No caso de residências com jardim na frente, contrate alguém para mantê-lo limpo, evitando o aspecto de abandono.
  • Só deixe a chave com pessoas de absoluta confiança.
  • Evite colocar cadeados do lado externo do portão. Isso poderá denunciar a saída dos moradores.
  • Desligue a campainha. Assim, você deixa em dúvida, quem usá-la apenas para verificar se você está em casa.
  • Feche as portas e janelas com trincos e trancas. Reforce a porta da frente com fechaduras auxiliares.
Fonte: Prefeitura de Curitiba
sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>