23 de agosto de 2016   Publicado por: Garante Araribóia

Destino certo para os entulhos

Destino certo para os entulhos

O edifício Antares, no centro da cidade utiliza este período para fazer as intervenções necessárias. Síndico há 5 meses do condomínio, Gilmar Mendonça iniciou em setembro uma obra para melhorar a estrutura do condomínio: pintura externa, troca da porta do elevador e mudança da fachada para a colocação de ar condicionado split estavam na lista de melhorias. Para a contratação da empresa que faria o serviço, foram feitos vários orçamentos. “A empresa que ganhou a concorrência ficou responsável por toda a reforma, inclusive pelo descarte de resíduos”, comentou.

Com a crescente conscientização acerca dos cuidados necessários com o meio ambiente, hoje em dia, os condomínios procuram fazer corretamente o descarte dos resíduos para estar dentro da legislação e não causar danos à natureza. A sócia e administradora da Contap, Deise Felício Sombrio, destacou que botar entulho no terreno baldio, por exemplo, é proibido pela legislação. “É necessário dar o encaminhamento certo. A empresa contratada para a obra fica responsável por dar o destino correto aos resíduos”, diz.

Terceirização de serviços

O sócio proprietário de uma das empresas que faz este serviço de descarte em Criciúma, Paulino Garcia, destacou que as maiores demandas nesta área são de obras internas, nos apartamentos. Já quando se tratam de melhorias externas em um condomínio, é feita uma contratação documentada. “Dessa forma, damos para o síndico a garantia do encaminhamento correto do resíduo. Os materiais descartados, então, são encaminhados ao aterro sanitário que fica próximo à BR-101”, explicou.

Contratado para a realização das obras no edifício Antares, o proprietário de empresa de reformas prediais, Carlito Lobo, ressaltou que a empresa terceiriza o recolhimento de entulhos, analisando cada caso, conforme seja necessário. Ele lembrou que o reaproveitamento de materiais descartados por condomínios geralmente acontece quando é trocado o telhado. “As telhas são encaminhadas para doação, caso haja algum funcionário que queira, por exemplo, ou uma família que esteja precisando”, disse.

Dicas

• Quando em grande quantidade, não deixe restos da obra na lixeira comum. Contrate uma empresa que fará o descarte correto dos materiais.

• Certifique-se de que a empresa contratada dará encaminhamento correto e peça a documentação de funcionamento e legalidade da empresa comprovando seu cadastro na prefeitura.

• Ao contratar a empresa que trará a caçamba para o recolhimento, confira se essa foi estacionada corretamente para evitar eventuais transtornos e para não atrapalhar o trânsito local.

• Se necessário, solicite que o entulho seja embalado, assim as áreas comuns não ficarão sujas.

• Analise se os materiais não poderão ser reaproveitados. Pastilhas, por exemplo, podem se transformar em obras de arte, como mosaicos; e telhados, quando em bom estado, podem ser doados.

• Fique atento: é responsabilidade do gerador de entulho dar a destinação adequada aos resíduos, conforme determina a Resolução nº 307, de 5 de julho de 2002 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama); ou seja, previna-se e mantenha a documentação em dia para evitar multas desnecessárias.

Fonte: CondomínioSC

sem comentários publicado em: Notícias
Não há palavras-chave associadas com este artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>