21 de agosto de 2012   Publicado por: Garante Araribóia

Crianças de condomínio recolhem garrafas pet e latinhas de ruas de SP

Foram recolhidos 200 quilos de garrafa pet e de latinhas na Zona Norte. Horta sem uso de agrotóxico garante alimentos saudáveis na Zona Sul.

Dois condomínios de São Paulo encontraram maneiras simples para acabar com as confusões entre os moradores. No condomínio na Zona Norte, 70 crianças que participaram de uma gincana conseguiram recolher 200 quilos de garrafa pet e de latinhas de alumínio das ruas da cidade. Na  Zona Sul, uma horta cultivada sem o uso de agrotóxico garante alimentos saudáveis aos moradores do prédio.

A pequena horta cultivada no condomínio na Zona Sul produz beterraba, almeirão, tomate, alface e pimenta, um cardápio aprovadíssimo pelos moradores. A ideia foi do subsindico Fernando Santoro, que mora há 24 anos no prédio e sentia falta do contato com a natureza. Para cuidar das plantas, ele tem a ajuda da Mariana, uma moradora de três anos.

Todos os alimentos são plantados com muito cuidado, sem o uso de agrotóxico. Além de saudável, o sistema é cômodo para os moradores, que ligam para o zelador e fazem as encomendas. A cada 15 dias, ele colhe os produtos maduros e entrega nos apartamentos.

No condomínio em Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, as 70 crianças que moram no lugar participaram de uma gincana. Na brincadeira, elas conseguiram recolher das ruas 200 quilos de garrafa pet e de latinhas de alumínio. Em um mês, as crianças também arrecadaram mais de mil peças de roupas e cerca de 400 brinquedos, que serão entregues em uma creche. Já as latinhas e as garrafas foram vendidas para uma cooperativa e o dinheiro arrecadado foi utilizado para a compra de bolas de vôlei e de futebol, além do investimento em melhorias na quadra de esportes.

A iniciativa tornou a convivência entre os moradores mais tranquila, o que foi um alívio para a síndica. Todo mundo se empolgou tanto que teve até prêmio. O estudante Gabriel Domingos recebeu medalha por ter conseguido juntar o maior número de doações. No condomínio ficou o espírito de solidariedade, uma lição que as crianças levarão para a vida inteira.

Fonte: G1

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>