18 de junho de 2013   Publicado por: Garante Araribóia

Condôminos têm medo de assembleia

images (17)Os condôminos têm aversão a assembleia. As alegações são as mais diversas: “não vou à reunião de condomínio, pois só tem briga”; “não vou participar dos assuntos, as discussões são sempre as mesmas”. Ocorre que o único lugar em que os condôminos podem manifestar suas opiniões é a assembleia. Não participar é a pior solução.Vamos tentar elaborar os problemas que podem ocorrer por sua omissão: aprovação de taxas extras sem necessidade; aumento de taxa de condomínio sem apresentar uma previsão orçamentária técnica; imposição de síndicos; aprovação de determinadas medidas, como reformas, por exemplo; aquisição de bens sem necessidade para determinado momento. No final, todos vão pagar taxas condominiais elevadíssimas sem tomar conhecimento dos motivos do aumento.

Estivemos comentando no artigo Condomínio e a Realidade Nacional que muitos condôminos são omissos no dia a dia dos condomínios e que sua omissão contribui para que se lavem calçadas com água potável, que se tomem banhos de uma hora, gastando água e energia em excesso. Quando um condômino está fazendo algo errado numa área comum, é nosso dever chamar-lhe a atenção. Alguns dirão: “Ora, isso é da responsabilidade do síndico, por que eu vou me meter neste assunto que não me pertence?” Ignora-se que a despesa do condomínio é rateio entre todos. Assim, quando algo de ruim acontece, como quebra de vidro de portaria e de corrimão, risco nos elevadores, paredes quebradas, pintura estragada, tudo vai para o bolso não só do síndico, mas para o de todos os condôminos.

Por que a pessoa vai morar num apartamento? A maioria, porque quer ter mais segurança, porque os gastos são menores do que numa casa, por causa do grande congestionamento nacional, para morar mais perto do trabalho e por outros motivos.

A primeira coisa que precisamos aprender ao morar em condomínio, seja horizontal ou vertical, é viver em comunidade. Os brasileiros não têm vivência em participar de uma comunidade formada com rateio de despesas. Podemos afirmar que somos um povo individualista, mas quando vamos morar num condomínio, precisamos enfrentar barreiras, como a divisão de espaço, seguir regras, saber que, se faço barulho no apartamento, estou incomodando o vizinho, que não posso fazer festas até as duas horas da madrugada etc.Prezado condômino, a assembleia é o espaço que você tem para manifestar todas as suas angústias: criticar os administradores naquilo que está errado; elogiar nas decisões que deram certo; perguntar sobre aquilo de que se tem dúvida; denunciar pessoas que não estão cumprindo o regimento interno e a convenção. Cada condômino que não vai a uma reunião está dando direito de meia dúzia ficar com o poder na mão e de fazer as mais diversas barbaridades.

Houve um caso em Brasília em que o síndico ia armado para a assembleia a fim de intimidar os condôminos. Esse cidadão está errado, porém quem o elegeu está mais errado ainda. Os demais condôminos erram por falta de participação na reunião de condomínio. Muitos se escondem dando procuração para terceiros, dando poderes para pessoas que estão apoiando síndicos totalitários. Estes se consideram insubstituíveis, ficam até dez anos na função de síndico fazendo uma porção de coisas erradas, enquanto todos os moradores continuam insatisfeitos e sentindo-se impotentes para tirar a figura do cargo. Por quê? A omissão por não participar das assembleias ordinárias de eleição é a causa.Conhecemos um caso, em que foi eleito um retirante para síndico de um prédio em Brasília, no Sudoeste, uma das áreas mais nobres da cidade. O cidadão levou quase vinte mil reais do condomínio. Ele era apenas uma pessoa que dormia no apartamento de um proprietário, que, por sua vez, estava passando um período fora do país. O retirante foi à assembleia, não houve candidato para a função de síndico e ele foi eleito. Deu prejuízo ao condomínio por culpa dos condôminos presentes à assembleia, houve taxa extra para pagar as contas atrasadas e todos entraram no rateio daquele montante.

Vá às reuniões de seu condomínio. Com isto, todos sairão ganhando no final. Não precisa ter medo da assembleia, vá reivindicar seus direitos, defender suas opiniões. Enfim, estamos em um país democrático, onde todo cidadão tem direitos e obrigações. Temos certeza que 1 hora e 40 minutos de reunião é menos prejuízo de seu tempo do que se omitir das decisões de sua administração. Sucesso.

Fonte: Síndico Profissional

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>