19 de setembro de 2012   Publicado por: Garante Araribóia

Condomínios: como fica a inadimplência?

Quem mora em apartamento sabe que o quanto é comum surgirem dúvidas em relação às regras e à administração do prédio. Entre as mais comuns está a inadimplência no condomínio. Como proceder diante de tal questão?

De acordo com a imobiliária Francisco Rocha Imóveis (FRI), o condomínio funciona como uma empresa em que todos os sócios, no caso, os moradores, dividem as despesas para pagar funcionários, fazer reparos, gerar fundo de reserva, entre outras necessidades. Por isso, quando alguém não paga, geram-se implicações, como aumento do custo para todos os demais moradores, inclusive os que pagam em dia.

O primeiro passo para resolver a questão é tentar um acordo com o inadimplente. Afinal, imprevistos podem acontecer com qualquer um. Após um período de 90 dias de atraso, o condomínio já pode incluir o nome do devedor em órgãos de proteção ao crédito. Não havendo negociação, o próximo passo é a ação judicial. Entre as penas possíveis está a perda do imóvel, que será penhorado. Somente depois do imóvel vendido o condomínio receberá o valor do débito a que tem direito.
O que diz a Lei.

O Código Civil, nos artigos 1.335 e 1.336, que tratam sobre direitos e deveres dos condôminos, expõe que os mesmos podem usar, fruir e livremente dispor das suas unidades; votar nas deliberações da assembleia e delas participarem, estando quite. E o condômino que não pagar a sua contribuição ficará sujeito aos juros moratórios convencionados ou, não sendo previstos, os de um por cento ao mês e multa de até dois por cento sobre o débito, e pagará a multa prevista no ato constitutivo ou na convenção, não podendo ela ser superior a cinco vezes o valor de suas contribuições mensais.

Fonte: Folha Vitória

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>