7 de setembro de 2016   Publicado por: Garante Araribóia

Como escolher uma empresa de mudanças?

O transporte dos seus móveis deve ser feito por uma empresa que lhe passe segurança e não prejudique a mudança

Finalmente você encontrou o imóvel tão desejado, agora só falta mudar! Transportar móveis pra lá e pra cá não é nada fácil. Colocar as coisas no lugar e desencaixotar tudo serão transtornos desagradáveis se o contrato com a transportadora não for bem amarrado.

Seu papel como consumidor vai muito além de apenas contratar a empresa, no caso da mudança. Pesquisar a idoneidade da empresa, possíveis reclamações ou irregularidades dará um pouquinho de trabalho, mas uma tranquilidade muito maior quando tudo chegar sem um arranhão na casa nova.

Confira como fazer isto:

Aprenda com o problema dos outros

O primeiro passo é verificar a existência de reclamações que já foram feitas através do Procon da sua cidade e em sites como o ReclameAqui. As mais comuns envolvem valores para ressarcimento de móveis danificados. Embora a empresa tenha obrigação de entregar todos os seus bens em perfeito estado, acidentes acontecem. O importante é a postura da transportadora nestas situações.

Procure por empresas que atendam as cidades de seu interesse, veja se não há reclamações e após essa busca, selecione ao menos três para seguir os próximos passos.

Compare orçamentos

As empresas são obrigadas por lei a realizarem um orçamento, mas algumas delas cobram para fazer o serviço, que pode incluir uma visita na sua casa para avaliar o valor dos móveis e o espaço que ocuparão no caminhão. Acerte esses detalhes já na primeira ligação para não ter susto quando o avalista for na sua casa. Com alguns orçamentos na mão, avalie qual delas tem a melhor opção para você.

Desconfie de preços muito baixos. No orçamento, lembre-se de pedir que incluam possíveis taxas com material, despesas extras ou seguros. Esses valores nem sempre são considerados no orçamento, mas na hora do fechamento são incluídos e você pode ter uma surpresa naquele orçamento que parecia tão bom.

Registros escritos garantem segurança

Escolhida a empresa, explique que você quer formalizar o processo. Caso ela se negue, desconfie! Sempre faça um contrato com a transportadora e leia atentamente todas as cláusulas. O seguro dos bens transportados não é obrigatório, mas também é boa medida de segurança. Se tiver dúvida, não hesite em procurar um advogado para lhe auxiliar.

Para ter mais controle faça uma lista de todos os bens que serão transportados e os valores estimados. Coloque todos os detalhes dos móveis nessa lista, arranhões, amassados ou rasgados e peça para um representante da empresa conferir e assinar as duas vias, uma pra você e outra para empresa.

A empresa deve emitir recibos para todos os pagamentos recebidos. Desconfie de pedidos como o depósito do valor total antes da mudança, principalmente se for em conta de pessoa física ou de empresas terceiras.

Acidentes e extravios

Converse com a empresa sobre os procedimentos que ela toma em caso de problemas com a mudança. Por mais cuidadosa que seja a empresa contratada, ela não está livre de uma freada brusca durante o trajeto, por exemplo.

Acidentes acontecem, mas você pode ajudar a evitá-los. Na hora da mudança, identifique de forma clara todas as caixas que contenham objetos frágeis e coloque-os por último na hora do carregamento. Mesas de vidro, espelhos e objetos de decoração devem ser bem embalados e sinalizados. Converse com os carregadores, informe quais são os itens mais frágeis e como prefere transportá-los, isso facilitará as coisas.

Por fim, tente acompanhar o caminhão da mudança. Ao descarregar, dê uma verificada geral em todos os bens e, caso tenha acontecido algo desagradável, informe imediatamente aos responsáveis. Lembre-se que você tem um prazo de até 90 dias para buscar a melhor solução.

Fonte: Imóvel Web

sem comentários publicado em: Notícias
Não há palavras-chave associadas com este artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>