9 de outubro de 2012   Publicado por: Garante Araribóia

Cartilha dá dicas para evitar invasão de ladrões a prédios

assalto a um prédio no bairro de Ipanema, na Zona Sul do Rio, foi mais uma evidência de que a segurança predial é um assunto importantíssimo para administradores, síndicos e moradores. Para blindar o prédio contra bandidos, muitos investem em infraestrutura tecnologia, mas, será que isso é suficiente? De acordo com Raimundo Castro, consultor de segurança predial do Sindicato da Habitação do Rio (Secovi Rio), não:

“A segurança predial é baseada em um trinômio: recursos humanos, estrutura e tecnologia.”

Por recursos humanos, entenda-se porteiros. Para quem pensa que cuidar do entra e sai dos moradores é uma tarefa fácil, um alerta: esse profissional tem que estar muito bem treinado. Caso contrário, todo o investimento feito para a segurança será em vão.

Para ajudar esses profissionais, a Protel Administradora elaborou uma cartilha com os principais disfarces dos ladrões e a melhor maneira de evitar esses golpes.

Então, atenção porteiros! Cuidado com entregadores de encomendas e com pessoas que tentam entrar sem a autorização de um morador. A Protel avisa que a maioria das invasões a condomínios se dá pela portaria de pedestres.

Assim, mesmo que a pessoa pareça a mais inofensiva do mundo, nunca deixe de checar se a visita é esperada pelo morador, confirmando qual o nome e o andar do mesmo, antes de dizer qualquer informação que possa facilitar a vida do assaltante.

“Uma dica para evitar invasões de entregadores é perguntar o telefone do local onde ele trabalha. Se ele se virar para ver o número, desconfie. Pode não ser nada, mas é preciso redobrar a atenção nesse caso”, afirma o consultor do Secovi Rio.

Outro truque utilizado pelos bandidos é se valer da confiança passada por uniformes de empresas de serviços públicos. Para não cair nessa, o porteiro deve sempre pedir para olhar o crachá da empresa.

Responsabilidade do morador – Apesar de os porteiros serem os principais responsáveis por evitar o assalto, os moradores podem e devem contribuir com a segurança do prédio. De acordo com a Protel, os condôminos também devem ficar atentos na hora de autorizar a entrada de entregadores, prestadores de serviço e visitas.

Além disso, é indicado observar se há alguma pessoa estranha na hora de sair ou entrar da garagem. Se houver, a dica é ficar de olho e alertar o porteiro, caso seja necessário.

E se o bandido já está dentro do prédio, o que fazer? O consultor de segurança Raimundo Castro diz que tranquilidade e cautela são as ações mais recomendadas.

“Se o assaltante estiver dentro do prédio, a única coisa que o porteiro pode fazer é não reagir, ter calma e, se for possível, chamar a polícia sem que o bandido perceba.”

Fonte: Revista Imóveis

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>