17 de setembro de 2013   Publicado por: Garante Araribóia

Alambrados: sinônimo de beleza, economia e segurança

Sem abrir mão da proteção e segurança, os condomínios adotam o alambrado, tanto substituindo os muros de alvenaria como em quadras esportivas. Assim, o condomínio garante beleza, economia e versatilidade

Os condomínios acompanharam a evolução: para assegurar proteção total, os muros altos foram a versão inicial dos prédios. Buscando maior ventilação e iluminação, mas sem abrir mão da segurança, os muros foram substituídos pelas grades de ferro, nos seus diversos modelos.

Nos últimos anos, os alambrados conquistaram os condomínios, fábricas e estabelecimentos comerciais. Por quê? De imediato, podemos dizer que eles são mais resistentes, decorativos e versáteis. Mas o que são os alambrados? Existem especificações que devem ser consideradas? O que eles têm de especial em relação aos outros tipos de cercamento?

Os alambrados oferecem maior resistência a depredações e ao corte com alicate, durabilidade três vezes maior do que as telas comuns e rigidez elevada, permitindo maior espaçamento entre mourões (média 3,50m), além de dispensar o uso de fios tensores, tornando-os mais leves. Tudo isso porque os alambrados são fabricados com arames de alta resistência (50/60 Kgf/mm²) e possuem galvanização pesada, maior que 240 g/m².

Em termos financeiros, por ser um metal galvanizado, os alambrados exigem um menor custo de manutenção. O número de mourões também é menor (cerca de 30%) em relação ao cercamento comum.

Os preços das cercas de alambrado normalmente são orçados por metro quadrado e pelo preço dos materiais utilizados.

A mão-de-obra custa em torno de 70% do preço final devido ao transporte das máquinas, dos serralheiros e soldadores. Por conta da proteção do PVC, os alambrados protegem o arame contra as variações climáticas, maresia, poluição e dispensa gastos com manutenção periódica e pinturas.

Os alambrados estão disponíveis nas cores amarelo, azul, branco, cinza, preto, verde e vermelho, adequando-se praticamente a qualquer condomínio.

Alambrados e esportes

Além de proteger o condomínio da área externa, os alambrados são muitos utilizados em quadras esportivas, que garantem segurança e liberdade nas jogadas, evitando que as bolas atinjam pessoas que estejam ao redor.

Em uma quadra de tênis, por exemplo, recomenda-se 4 metros de altura nos fundos, baixando para 1 metro nas laterais em forma de trapézio, com tela galvanizada e revestida em PVC, malha 2″ e fio 14.

Já nas quadras de vôlei e basquete, 4,00 m de altura em toda a volta com tela galvanizada e revestida em PVC, malha 2 ½” e fio 14 ou malha 3″ e fio 12. Para a prática de futebol de salão: 4,00 m de altura em toda a volta com tela galvanizada e revestida em PVC, malha 2 ½” e fio 12 ou malha 3″ e fio 12. E futebol society: 5,20 m de altura em toda a volta, sobre mureta de 0,80m de altura com tela galvanizada, malha 3″ e fio 12.

Por garantir a visibilidade da área externa, os alambrados possibilitam um monitoramento das redondezas por parte dos porteiros, sem abrir mão da segurança, o que era impossível com os altos muros de alvenaria. Neste sentido, os alambrados contribuem para prevenir assaltos em condomínios. Vale lembrar que os alambrados dificilmente são quebrados por alicates ou outras ferramentas cortantes.

Por essas e outras, se seu condomínio ainda possui muros ou grades de ferro, vale a pena fazer este investimento em seu condomínio.

Fonte: Jornal do Síndico

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>