2 de maio de 2013   Publicado por: Garante Araribóia

A importância da limpeza da caixa d’água

A água é um dos bens mais preciosos que existem, sendo ainda mais valorizada quando é oferecida limpa, própria para o consumo e livre de bactérias. Em um condomínio, tais características podem ser garantidas com a limpeza regular da caixa d’água.

Especialistas recomendam que a caixa d’água seja limpa a cada seis meses, sendo que a limpeza sempre deve ser realizada por uma empresa especializada. Em alguns condomínios pelo Brasil afora, muitas vezes a economia fala mais alto e um próprio morador do conjunto de imóveis acaba assumindo a tarefa, é claro que sem tomar os cuidados necessários.

Na hora de escolher a empresa responsável pela lavagem da caixa d’água é importante verificar se ela possui selo da ANVISA, autorização da prefeitura para funcionar e também se conta com recomendações positivas de outros clientes. Os funcionários devem utilizar EPIs (equipamentos de proteção individual) e uma escova de fibra vegetal durante o serviço. Embora o mais indicado seja usar somente cloro para limpar a caixa d’água, os produtos usados variam de uma empresa para outra.

Apesar de a limpeza da caixa d’água propriamente dita durar cerca de uma hora, o processo para a limpeza do local começa bem antes: no dia anterior a caixa d’água deve ser praticamente esvaziada e os registros fechados. Os moradores devem ser avisados com antecedência sobre o serviço, pois devem evitar abrir as torneiras no dia da limpeza, garantindo que não entre ar nas tubulações.

Além de limpar a caixa d’água, os funcionários da empresa escolhida devem verificar se a tampa que protege o local está bem fechada, impossibilitando o acúmulo de sujeira e entrada de animais, e se não existem rachaduras no equipamento. Caso haja interesse, de forma a oferecer mais segurança e tranquilidade para os moradores, o síndico pode solicitar o recolhimento de uma amostra da água do reservatório para a realização de um exame que irá atestar a qualidade do líquido e a presença de bactérias.

sem comentários publicado em: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>